Análise de prova

Análise – ENADE Medicina 2019

Nossos clientes recebem informações específicas e exclusivas sobre diversos tipos de avaliações institucionais. Tais informações são úteis na elaboração projetos pedagógicos, estruturação de avaliações e planejamento das aulas. Assim, visando mostrar um pouco do trabalho realizado pela equipe Qstione, resolvemos abrir parte desse conteúdo para o grande público. Este conteúdo é o primeiro de uma série que será disponibilizado para o público em geral.

Neste artigo, avaliamos aspectos metodológicos e conteudísticos da prova Enade 2019 do curso de medicina. Entre as variáveis analisadas, estão: o percentual de itens por área, a classificação dos itens de acordo com a taxonomia de Bloom, o número de questões por áreas específicas de conhecimento e o mapeamento das áreas afins ou não específicas que foram solicitadas na avaliação.

Dividimos o curso de medicina em 8 grandes áreas de conhecimento, utilizando como base o Manual do Enade (Inep, 2016). Assim, foi possível classificar os itens da prova Enade/2019 em 8 áreas de conhecimento que abrangem praticamente todo o curso de medicina. Alguns itens solicitados na avaliação não se enquadram em nenhuma dessas 8 áreas, sendo todos classificados na avaliação como itens de formação geral.

Observe que a área de conhecimento mais solicitada na avaliação foi clínica médica, seguida por pediatria, cirurgia e saúde coletiva e medicina da família e comunidade. 25% da avaliação continha itens de formação geral, dos quais apenas 1 item solicitou conhecimentos da área médica. Dessa forma, 21% (9 itens de formação geral) não solicitaram conhecimentos específicos da medicina.

Analisando as áreas específicas solicitadas na prova, verificamos que infectologia, clínica cirúrgica e terapia intensiva foram as áreas mais abordadas nos itens.

Alguns itens solicitaram conhecimentos de mais de uma área específica.

Alguns itens solicitaram conhecimentos de áreas complementares ou afins da medicina. Foram mapeadas 22 áreas complementares específicas, das quais farmacologia, SUS e semiologia foram as mais solicitadas na prova.

A área de conhecimento com o maior número de itens solicitando habilidades ou níveis de conhecimento mais complexos foi clínica médica. A prova apresentou majoritariamente itens com nível médio de complexidade (Aplicar e/ou Analisar).

Classificação geral dos itens (Enade/2019)
Área médicaTemaÁrea epecíficaÁreas afinsClassificação taxonômica (Bloom)Tipo de item
D01NenhumaSustentabilidade ambientalNenhumaSaúde ambientalAvaliar e/ou CriarDiscursivo
D02NenhumaEconomia e educaçãoNenhumaEconomiaAplicar e/ou AnalisarDiscursivo
1NenhumaMudanças climáticas e ONUNenhumaPolítica internacionalLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
2NenhumaLiteratura portuguesa (poesia)NenhumaLíngua portuguesaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
3NenhumaSegurança alimentar e nutricionalNenhumaNutriçãoLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
4NenhumaSaneamento básicoNenhumaSaúde ambientalAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
5NenhumaDemarcação de terras indigenasNenhumaLegislação e Constituição FederalAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
6NenhumaViolência contra a mulherNenhumaSociologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
7NenhumaAcessibilidade e inclusão de pessoas com deficiênciaNenhumaAcessibilidade e inclusão socialLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
8Saúde coletiva e medicina da família e comunidadeSíndrome de BurnoutMedicina do trabalhoSaúde do trabalhadorLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
D03PediatriaCaso clínico - Infecção unrinária em lactenteHematologiaNenhumaAvaliar e/ou CriarDiscursivo
D04Ginecologia e ObstetríciaCaso clínico - PartogramaObstetríciaSemiologiaAplicar e/ou AnalisarDiscursivo
D05Clínica médicaCaso clínico - EletrocardiogramaCardiologiaFarmacologiaAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
9Clínica médicaCaso clínico - HIV e Saúde públicaInfectologiaLegislaçãoAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
10CirurgiaCaso clínico - Câncer de próstataUrologiaSemiologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
11CirurgiaCaso clínico - Atendimento de urgência e emergência e clínica cirúrgicaClínica cirúrgicaUrgência e EmergênciaAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
12CirurgiaCaso clínico - ColelitíaseClínica cirúrgicaUrgência e EmergênciaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
13Clínica médicaCaso clínico - Rastreamento de doenças crônicasMedicina baseada em evidênciasSUSLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
14PediatriaCaso clínico - AsmaPneumologiaFarmacologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
15PediatriaCaso clínico - GlomerulonefriteUrologiaNenhumaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
16PediatriaCaso clínico - Síndrome de TurnerGinecologiaGenética médicaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
17Clínica médicaCaso Clínico - Diagnóstico em reumatologiaReumatologiaNenhumaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
18Saúde mentalCaso clínico - DepressãoPsiquiatriaFarmacologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
19CirurgiaCaso clínico - Nódulo na tireóideClínica cirúrgicaFisiologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
20PediatriaCaso clínico - saúde mental da criançaPsiquiatriaSaúde da criança e adolescenteAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
21PediatriaCasos clínico - Notificação de doenças no SUSInfectologiaSUSAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
22CirurgiaCaso clínico - Risco cirúrgicoClínica cirúrgicaNenhumaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
23Clínica médicaCaso clínico - HanseníaseDermatologiaSemiologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
24Saúde coletiva e medicina da família e comunidadeCaso clínico - Trabalho da equipe de saúde da famíliaSaúde da famíliaSUSAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
25Urgência e emergênciaCaso clínico - Indicação de intibação orotraquealTerapia intensivaUrgência e EmergênciaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
26Urgência e emergênciaCaso clínico - Vítima de acidente motociclísticoUrgência e EmergênciaClínica cirúrgicaAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
27Ginecologia e ObstetríciaCaso clínico - Hipertensão gestacionalObstetríciaFisiologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
28Ginecologia e ObstetríciaCaso clínico - SífilisInfectologiaSaúde da mulherAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
29Ética e BioéticaCaso clínico - Paciente terminalTerapia intensivaNeurologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
30Saúde coletiva e medicina da família e comunidadeCaso clínico - Acompanhamento e visita domiciliarSUSSaúde públicaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
31Ética e BioéticaCaso clínico - Comunicação de doença gravePsiquiatriaNeurologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
32Clínica médicaCaso clínico - Pé diabéticoEndocrinologiaFarmacologiaAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
33Saúde coletiva e medicina da família e comunidadeAções para controle do sarampoInfectologiaEpidemiologiaLembrar e/ou EntenderMúltipla escolha
34Clínica médicaCaso clínico - DengueInfectologiaNenhumaAvaliar e/ou CriarMúltipla escolha
35Saúde coletiva e medicina da família e comunidadeEpidemiologia da Influenza A/H1N1InfectologiaEpidemiologiaAplicar e/ou AnalisarMúltipla escolha
Considerações Finais
  1. 66% dos itens solicitaram conhecimentos específicos de clínica médica, pediatria, cirugia, ginecologia, obstetrícia, saúde coletiva, saúde da família e comunidade. Sendo clínica médica (21%) a área mais solicitada.
  2. Pode-se inferir que a prova apresentou um nível médio de complexidade, com 65% do itens classificados nos níveis intermediários da taxonomia de Bloom revisada (Aplicar e/ou Analisar).
  3. Infectologia, clínica cirúrgica e terapia intensiva foram as 3 áreas específicas mais solicitadas na prova. 17 áreas específicas foram solicitadas na prova.
  4. Além das áreas específicas da medicina, foram solicitadas áreas específicas afins e/ou complementares, sendo mapeadas 22 áreas desse tipo. As 3 áreas afins e/ou complementares mais solicitadas na prova foram:
    farmacologia, SUS e semiologia.
  5. Os itens específicos da área médica, classificados como de maior nível de complexidade, foram os das áreas de clínica médica, pediatria, cirurgia, urgência e emergência. Apenas 1 item de formação geral foi
    classificado como de alta complexidade (Avaliar e/ou Criar).
  6. 70% do teste foi composto por casos clínicos e 100% dos itens apresentaram uma estrutura de contextualização, abordando temas correlacionados com a habilidade solicitada.

Em suma, a prova Enade/2019 apresentou um nível médio de complexidade com itens contextualizados e estruturados com: texto-base, situação-problema, comando e, em alguns casos, instruções.

O escopo de conteúdo e áreas de conhecimento foi delimitado neste artigo, possibilitando a utilização de tais informações para o planejamento estratégico de preparação dos estudantes de medicina para as avaliações Enade.