Artigos

O que as provas realmente avaliam?

Caneta marcando gabarito com o título do texto: o que as provas realmente avaliam

Essa é uma pergunta reincidente no meio acadêmico que permeia a cabeça de muitos estudantes e professores, em todas as esferas de ensino, desde o ensino fundamental até a pós-graduação. Assim, o objetivo desse artigo é esclarecer, sob a luz da metodologia da avaliação, qual é a real finalidade de uma prova ou de qualquer avaliação formal de estudantes.

“Os testes pouco ou nada dizem sobre o potencial do aluno em aprender a matéria. Na melhor das hipóteses, fornecem uma fotografia instantânea de onde ele está num determinado momento no tempo”.

Salman Khan

A finalidade primordial de qualquer avaliação é o diagnóstico, não obstante as finalidades formativas e somativas da prática pedagógica, a avaliação também pode ser considerada uma ferramenta de ensino. Esse é um pressuposto fundamental para compreender que a prova é apenas um modelo de avaliação e, por conseguinte, a avaliação é um conjunto de práticas, métodos e modelos que visam coletar dados para subsidiar indicadores que possam aferir a evolução do processo ensino-aprendizagem. Em suma, as provas são métodos de pesquisa, com todas as limitações inerentes a qualquer outro método de coleta de informações.

Bejamin Bloom e Daniel Stufflebeam, foram grandes pesquisadores e estudiosos dos processos educacionais e, em especial, da avaliação de estudantes. Para eles, a avaliação de estudantes deve apresentar algumas características que possibilitem aferir a evolução educacional dos estudantes. Eis alguns consensos desses autores:

  1. A avaliação deve ser continuada, cumulativa e sistêmica não sendo episódica;
  2. O processo de avaliação é uma sistemática de coleta de informações ou evidências;
  3. A avaliação deve integrar um sistema do qual fazem parte também os procedimentos de instrução e os objetivos de aprendizagem;
  4. A avaliação resulta em tomada de decisões, inclusive mudanças no próprio sistema de avaliação vigente.

Resumidamente, podemos afirmar que a prova é uma ferramenta de coleta de dados, com suas limitações e qualidades, entretanto, o objetivo dessa ferramenta não é avaliar o potencial dos estudantes, mas, apenas, compor um conjunto de informações que possam ajudar os professores no processo de tomada de decisão . Os dados obtidos nas avaliações servem para tentar compreender como o aprendizado dos estudantes evolui mediante a prática pedagógica, serve também para avaliar o próprio método de ensino e o desempenho do professor.

A avaliação auxilia diretamente a gestão educacional.

Avaliar é o ato de aferir, consolidar informações e julgar. As decisões são de responsabilidade dos educadores, mas, é bem verdade, que a probabilidade de acertarmos é maior quando conhecemos a realidade dos nossos estudantes, com a posse de dados e indicadores que só podem ser extraídos com a aplicação de avaliações.

Conheça o nosso trabalho com a Plataforma Qstione e avalie corretamente seus estudantes.